Sexta-feira, 22 de Abril de 2011
 Desenho de José Dias Coelho (Internet)
 
O Tudo e o Nada...
Assim, a contradição,
ei-la, exposta e desnudada,
sem disfarce ou distorção.
 
O Bem e o Mal.
Não envelheceu Mani.
Sempre o pão do teu bornal
há quem o queira p'ra si...
 
De um lado, as hostes celestes...
Do outro, as hordas infernais...
(o purgatório neutral...)
 
ambas envergando as vestes
dos instantes carnavais
duma farsa capital.

 
 
José-Augusto de Carvalho 
Redigido em 14 de Julho de 2001.
Corrigido em 10 de Junho de 2010.
Mani, filósofo persa, século III.


publicado por Do-verbo às 08:55
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Registo de mim através de textos em verso e prosa.
mais sobre mim
blogs SAPO
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

19
23

24
25
26


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds