Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

 

Caminho, decidido, enquanto o tempo der,

na passada medida

de quem sabe, à partida,

que terá de chegar até onde puder.

 

Desafio a borrasca.

Inclemente me alaga a chuva que derrama.

E este frio que enregela, a doer! E esta lama

que, pastosa, me atasca!

 

Mas decidido vou, enquanto o tempo der,

até onde puder!

 

 

 

José-Augusto de Carvalho

Setembro de 2001.

Setembro de 2010.

Viana*Évora*Portugal



publicado por Do-verbo às 12:34
Registo de mim através de textos em verso e prosa.
mais sobre mim
blogs SAPO
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds