Domingo, 27 de Junho de 2010

Eu sou um cidadão vulgar deste país. Amo a Poesia e tento desesperadamente encontrá-la nos versos que ando escrevendo.

Também tento escrever, a espaços, alguma prosa.
Falará de mim e por mim quanto eu publicar neste espaço gentilmente cedido pelo SAPO.
Cívica e literariamente, procuro ser um homem honesto e reclamo dos demais idêntica postura. E porque assim é, não será bem-vindo a este espaço quem divergir desta atitude.

 

Até sempre!
José-Augusto de Carvalho
 


publicado por Do-verbo às 01:13
Registo de mim através de textos em verso e prosa.
mais sobre mim
blogs SAPO
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
25

28
29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds