Domingo, 13 de Julho de 2014

  

                                                                            

 

 

  (para Ena Beatriz)

 

 

Depois que Jeová criou este mundão                        

pegou de um barro à-toa e fez Adão.

Adão, como se sabe, era feliz,

porque vivia só, senhor do seu nariz.

Achando Deus, porém, que lhe devia

dar carinhosa e meiga companhia,

chamou-o, fê-lo dormir sono profundo

e, em menos de um segundo,

entre uma e outra roncadela,

passou-lhe o bisturi, tirou-lhe uma costela.

Depondo-a sobre a banca de oficina,

saiu e foi ao armazém da esquina

comprar tudo o que se requer

para fazer uma mulher:

verniz pra unha, pó de arroz, baton,

essências finas, rouge, algum creme Simon,

açúcar pra adoçar o coração,

dos olhos da serpente a força de atração,

e, para encher o crânio, à guisa de miolo,

comprou num confeiteiro um rico bolo.

Mas, nesse meio tempo, um cachorro vadio,

desses que trazem sempre o estômago vazio,

encontrando de carne a linda peça,

os alvos dentes crava-lhe depressa.

Inda estava lambendo os beiços, quando

Jeová, de regresso, foi chegando.

Pressentindo o que havia acontecido,

O Criador bradou, enfurecido:

-- Eu devia agora, arrancar-te o coração,

tareco sem vergonha, rafeiro ladrão!

Mas, afinal, prefiro a dar-te cabo

apenas amputar-te o rabo.

   E, juntando à palavra o gesto, com mestria,

tirou-lhe a cauda sem anestesia.

E dessa cauda de mil pêlos eriçados,

sem uma pulga esperdiçar sequer,

ah ! por mal de nossos pecados,

Nosso Senhor fez a mulher...

 

 

Demóstenes Christino

 

***

 

(CHRISTINO, Demostenes. Musa Bravia. Rio de Janeiro: Gráfica Nova Era, 1949, p. 95 até “tirou-lhe uma costela; p. 96, de “Depondo-a” até o final.) Na recitação, substituo “algum creme Simon”, que ninguém mais hoje conhece, por “algum creme da Avon”.

    O poeta  nasceu na Fazenda do Caju, distrito de Entrefolhas, município de Caratinga, no dia 4 de julho de 1893; faleceu em Ipameri, Goiás, no dia 18 de abril de 1962, com 69 anos de idade.

 Demóstenes Christino era tio-avô, por parte de mãe, do meu querido Amigo Professor Doutor José Augusto Carvalho, residente na cidade de Vitória, Estado do Espírito Santo - Brasil.



publicado por Do-verbo às 23:22
Registo de mim através de textos em verso e prosa.
mais sobre mim
blogs SAPO
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


pesquisar neste blog