Segunda-feira, 29 de Outubro de 2012

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
É agora o momento!...
Já mal lucilam os astros...
Segreda manso o vento
às velas ferradas e aos mastros...
Baloiça a barca esguia
num anseio azul de espanto!
Oh, Fado nosso, oh trémula ousadia
glauca que levanto
no pranto aflito das viúvas de vivos!
Barca esguia
de quantos sonhos cativos,
esta ousadia
de angústia e denodo,
irá ser, redonda, além, o mundo todo!
 
 
 
Na música da ária
«E lucevan le stelle...»,
da ópera Tosca, de Puccini 
 
 
 José-Augusto de Carvalho
Viana * Évora * Portugal
10 de Julho de 2009.


publicado por Do-verbo às 15:38
Registo de mim através de textos em verso e prosa.
mais sobre mim
blogs SAPO
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

30
31


pesquisar neste blog