Segunda-feira, 20 de Dezembro de 2010
ÚLTIMA CEIA, DE LEONARDO DA VINCI
*
É sempre nesta data de magia 
que a vida dá sentido à profecia.
*
 
Carrega a tradição a longa espera,
que vem do Egipto e vem de Babilónia...
Espera que resiste e viva gera
o dia por haver na longa insónia...
*
 
E, em fogo, o sol deslumbra a profecia!
Um céu sem nuvens, todo azul, fascina.
O tempo está cumprido na magia!
Meus olhos encandeia a tremulina...
*
 
Na espera milenar que o sonho ateia,
as Portas do Futuro estão abertas!
As horas de hoje só serão incertas
p'ra quem não faz da Vida a sua ceia...
*
*
 
 
Joé-Augusto de Carvalho
Lisboa, 18 de Dezembro de 2010.


publicado por Do-verbo às 15:58
Registo de mim através de textos em verso e prosa.
mais sobre mim
blogs SAPO
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

14

21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar neste blog